ABC do Empreendedor

 

COMO ACEDER AO PROJOVEM

O QUE É O PROJOVEM?

ProJovem é um programa que concede crédito a jovens empreendedores.

Os jovens têm de mostrar ter projectos de negócio viáveis e podem receber crédito para fazer crescer ou até mesmo lançar o seu negócio com taxas de juro mais favoráveis do que as encontradas normalmente no mercado.

O objetivo do programa é apoiar o empreendedorismo jovem, promover a formalização de pequenos negócios e dar oportunidades para a inclusão económica e social aos jovens.

OBJECTIVOS DO PROGRAMA

Apoiar o empreendedorismo jovem, promover a formalização de pequenos negócios e dar oportunidades para a inclusão económica e social aos jovens, assegurando a criação efectiva de negócios sustentáveis.

CONDIÇÕES COMERCIAIS DO CRÉDITO

 

COMO APRESENTAR CANDIDATURA?

Passo 1: Ter uma empresa constituída; (saiba como, clique aqui)
Passo 2: Obter Certificação do INAPEM;
Passo 3: Recolher e organizar todo a documentação necessária; (consulte a CHECK-LIST abaixo)
Passo 4: Elaborar o Plano de Negócio e Estudo de Viabilidade; (saiba como, clique aqui)
Passo 5: Preencher Ficha de Negócio;
Passo 6: Abrir conta no Banco Operador e entregar toda a documentação;

CHECK-LIST – DOCUMENTOS NECESSÁRIOS PARA ENTREGA DE CANDIDATURA

  • Fotocópia do Bilhete de Identidade dos Sócios (ter entre 18 e 40 anos de idade);
  • Fotocópia do Diário da República ou documento comprovativo da entrada do processo para o efeito;
  • Fotocópia do Alvará de actividade económica ou documento comprovativo da entrada do processo para o efeito;
  • Carta a solicitar o crédito, devendo mencionar o valor e período de carência (máximo 24 meses), finalidade e garantias a apresentar - pedir minuta no Banco Operado;
  • Termo de Compromisso com o Banco Operador, assumindo manter parte dos Rendimentos da Empresa domiciliados junto do Banco Operador (devidamente reconhecido no Notário) - pedir minuta no Banco Operador
  • Certificação emitida pelo INAPEM - Instituto Nacional de Apoio as Pequenas e Médias Empresas do Ministério da Economia, por forma a classificar a Empresa em Micro Empresa / Pequena Empresa ou Média Empresa;
  • Ficha de Negócio ProJovem / Plano de Viabilidade devidamente preenchida.

DOCUMENTOS ADICIONAIS PARA ENTREGA DE CANDIDATURA

  • Se o crédito implicar a construção de um edifício, será requerido:
    • a) Orçamento de obra a ser construída;
    • b) Planta da obra a construir, justificando o valor solicitado;
    • c) Contrato de execução da obra, com cronograma em anexo.
  • Se a empresa tiver contabilidade organizada e tiver actividade há mais de 1 ano, será requerido:
    • a) Ultimo Balancete Anual elaborado;
    • b) Demonstração de Resultados do último ano;
    • c) Fotocópia do Documento de Liquidação de Impostos (DLI) e do Documento de Arrecadação de Receitas (DAR) emitido pela Direcção Nacional de Impostos do Ministério das Finanças.
  • Se o crédito for para adquirir no mercado nacional - Mercadorias, Materiais e/ou Equipamentos, será requerido: Factura Pro Forma
  • Se o cliente der um imóvel como garantia, será requerido:
    • a) Fotocópia da documentação emitida pela Instituição Pública ou Administração Municipal, que atesta o imóvel a ser oferecido como garantia ser propriedade de um dos Sócios ou Acionistas;
    • b) Relatório de visita ao imóvel a ser elaborado pelo Gestor de Cliente ou Balcão mais próximo;
    • c) Procuração Irrevogável emitida pelo Cartório Notarial a favor do Banco Operador, sobre o imóvel oferecido como garantia (após autorização);
    • d) Relatório de Avaliação do imóvel a ser emitido pelo BCI Imobiliário;

BOAS PRÁTICAS NA ELABORAÇÃO DA CANDIDATURA DE CRÉDITO

  • Elaborar um projecto realista mas ambicioso, que seja rentável, crie emprego e dependa exclusivamente de produtos locais;
  • Apresentar certificação de formação de gestão do negócio,
  • Apresentar certificação de formação técnico-profissional na área de negócio a que se pretende empreender ou provas de experiência profissional e ou experiência de gestão na área de negócio a que o cliente se pretende empreender;
  • Entregar documentos adicionais não obrigatórios (tais como demonstração de resultados e contas de anos anteriores, um plano de negócios detalhado, projeções de vendas, etc.);
  • Oferecer garantias adicionais não obrigatórias para o montante de crédito em questão;
  • Chamar pessoas com comprovadas competências técnicas e de gestão a participar no negócio como sócias ou trabalhadoras qualificadas.

 

DOCUMENTAÇÃO ÚTIL

LIGAÇÕES ÚTEIS

 

Publicidade

Fechar
Fechar