AGT quer ajuda de empresários para combater informalidade

AGT quer ajuda de empresários para combater informalidade

Administração Geral Tributaria (AGT) pediu nesta quinta-feira aos empresários do município do Cambulo, província da Lunda Norte, no sentido de ajudarem a combater a informalidade, de modo a evitar-se à evasão e fraude fiscal.

O pedido foi feito pelo director em exercício da Administração Geral Tributaria ( AGT) na região, Augusto Caculo, quando dissertava numa palestra sob tema” O combate da informalidade para a formalidade das actividades dos agentes económicos."

O prelector salientou que os contribuintes devem efectuar o pagamento dos impostos, de modo a proporcionar mais receitas para os cofres do Estado.

Explicou que a formalidade é a única via que garante o aumento de mais empregos formais e o consequente aumento das receitas fiscais, devido ao número dos contribuintes e os agentes económicos.

Esclareceu que a informalidade desincentiva o investimento estrangeiro, retira a liquidez ao sistema financeiro e compromete uma distribuição de riqueza justa e eficaz.

Augusto Caculo informou ainda que a informalidade contribui para a fuga ao fisco e o Estado não recebe as receitas fiscais com origem na venda.

Durante a palestra, o prelector falou da contribuição da AGT no Orçamento Geral do Estado (OGE) e de funcionamento do Poder local do Estado, assim como receitas comunitárias.

Fonte: ANGOP

Publicidade

Fechar
Fechar