BDA leva visão empreendendora a jovens universitários

BDA leva visão empreendendora a jovens universitários

O Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA) quer ajudar os jovens estudantes do ensino superior a ganhar visão empreendedora a fim de criarem seus próprios negócios para o auto- sustento a partir da obtenção de créditos bancários.

Esta pretensão foi manifesta hoje pelo responsável da comissão do BDA, Hélder Fernandes, que se encontra desde segunda-feira, na cidade do Cuito, a sensibilizar a população local sobre educação financeira.

Em declarações à Angop, Hélder Fernandes disse que o programa diversificar, recentemente lançado pela sua instituição, visa alertar os empreendedores a absterem-se do ciclo vicioso da sua economia, partindo para o virtuoso.

O programa, segundo o interlocutor visa também diminuir os riscos e aumentar a possibilidade de sucesso em ternos de finanças em pessoas singulares e colectivas.

A iniciativa do BDA está a servir para a apresentar o programa “Diversificar” nas Instituições de ensino superior na província do Bié.

Entretanto, o secretario provincial da Juventude (CPJ) no Bié, Jonatão Cassapi, que testemunhou o evento, encorajou o banco a prosseguir com mais acções que estimulam a juventude a ser auto-dependente.

Salientou que o programa Diversificar, além de consciencializar a população para uma cultura de devolução dos créditos bancários, incentiva o espírito empreendedor para o combate ao desemprego.

Por sua vez, ao falar à Angop sobre o assunto, a estudante universitária Carla Ramos, realçou a importância do fórum na vida económica dos jovens, salientando que saiu do encontro com propostas sérias de empreendedorismo, tão logo que terminar a formação académica.

Lançado a 5 de Julho de 2017 na capital do país (Luanda), o programa até ao momento já atingiu mais de 47 mil cidadãos a nível do país, sendo que na província do Bié, já estão contactados perto de 500 jovens.

Fonte: ANGOP

Publicidade

Fechar
Fechar