Reafirmado cadastramento de pequenos estabelecimentos comerciais

Reafirmado cadastramento de pequenos estabelecimentos comerciais

O director da primeira região tributária norte que congrega as províncias do Zaire e Cabinda, Celestino Culecalala, reafirmou hoje, sexta-feira, no Soyo, a necessidade de os proprietários de pequenos e médios estabelecimentos comerciais sedeados na região cadastrarem os seus empreendimentos para o cumprimento das suas obrigações fiscais.

Em declarações à Angop, no final de um encontro entre a Administração Geral Tributaria (AGT) e agentes económicos, o responsável disse que todas as empresas geradoras de rendimentos sejam pequenas, médias ou grandes devem ser cadastradas, passando a pagar os impostos e outras taxas estabelecidas por lei.

“Existem muitos estabelecimentos comerciais de pequeno e médio porte que não estão cadastrados e furtam-se em pagar os direitos fiscais, causando enormes prejuízos ao estado”, referiu.

Assegurou que os encontros que a sua instituição tem vindo a realizar a nível das sedes provinciais e municipais visam, fundamentalmente, consciencializar os agentes económicos para o pagamento dos impostos e outros emolumentos.

Reconheceu, na ocasião, que apesar da conjuntura económica e financeira que assola o país, muitas empresas sobretudo as do ramo dos petróleos e agências de navegação têm cumprido com regularidade com as suas responsabilidades fiscais.

“Todas as empresas que exercem qualquer actividade geradora de rendimento no país devem ser cadastradas e o consequente pagamento das suas obrigações fiscais”, reiterou.

Fonte: ANGOP

Publicidade

Fechar
Fechar